Mosquitos da dengue estão mais resistentes a repelentes

Comentar

Saúde da família

Pesquisa realizada na Grã-Bretanha mostrou que o Aedes aegypti, o mosquito transmissor da dengue, aparentemente desenvolveu resistência a um princípio ativo presente na maioria dos repelentes comercializados no mundo, inclusive no Brasil.

A dietiltoluamida, ou DEET, age interferindo nos receptores sensoriais dos insetos, inibindo o desejo de picar o usuário. Publicado pela revista científica Plos One, o estudo analisou a reação de mosquitos da espécie Aedes aegypti, vetores da dengue e da febre amarela, à substância. Os pesquisadores descobriram que, mesmo que inicialmente repelidos pelo composto, algum tempo depois eles passavam a ignorá-lo.

De acordo com os pesquisadores, governos e laboratórios farmacêuticos devem realizar mais pesquisas para encontrar alternativas à DEET.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>